Em guerra contra os mosquitos!

Em épocas mais quentes, não é só o quesito hidratação que devem preocupar os papais. Cá estamos nós novamente falando das altas temperaturas e dos efeitos do calor. 

Mas é fato que nesta época do ano os cuidados com nossos pequenos devem ser redobrados. Neste período há uma maior incidência de casos de alergias, picadas de insetos e outros transtornos. 

Em épocas de alertas contra o Aedes Egypt, bichinho minúsculo mas que causa grandes estragos, muitos pais ficam na dúvida de como proteger os filhos pequenos. 

A maioria dos pediatras condena o uso de repelentes em crianças menores de 6 meses. As substâncias químicas presentes neste tipo de produto podem ser prejudiciais ao bebê e provocar alergias, já que nesta fase a pele é ultra delicada. 

Então, como fazer? Quais métodos podemos lançar mão para que esse monstrinho voador fique longe dos nossos filhinhos? O Catavento reuniu uma série de dicas que podem ser úteis para vocês neste período de maior proliferação de mosquitos e afins. Anotem aí!

Telas nas janelas

Eu considero a melhor coisa a se fazer em uma casa com bebês. Melhor do que remediar a entrada do mosquito é deixá-lo do lado de fora. Há vários tipos de tela, escolha a que melhor se adapta às características da sua casa. Até mesmo se você tem portas que dão para sacadas, há a possibilidade de colocar telas de correr no local. Claro que para o sucesso das telas é fundamental que você mantenha-as sempre fechadas.
 Mosquiteiro no berço
O maior cuidado é sempre verificar se não há um mosquito em seu interior. É importante lavá-lo com frequência, pois ele acumula muita sujeira e pó, o que pode desencadear um processo alérgico nos bebês. Se você viajar para a praia com um bebê, saiba que existem berços portáteis com mosquiteiro acoplado.
Citronela, andiroba, neem
Conhecida por sua característica natural de espantar os mosquitos, a citronela pode ser simplesmente plantada próximo às janelas da casa ou adquirida na forma de óleos ou velas. 
Cá entre nós, acho que não resolve se a quantidade de mosquitos for muito grande, mas é um plus a mais na guerra contra esses bichinhos inoportunos. 
Há também velas de formulações alternativas, como a da andiroba (eficiente inclusive contra o mosquito da dengue) e a de neem (planta indiana cuja vela é praticamente sem odor), vendidas em lojas especializadas em produtos para alérgicos. O cuidado deve ser colocar a vela em um local seguro, para evitar acidentes.
 Repelentes em gel ou creme
Só use se o pediatra do seu filho autorizar (e depois de fazer um teste alérgico, colocando em uma pequena região da pele para ver se seu filho não apresenta nenhuma reação). Se for usar, aplique nas áreas expostas, longe de boca, olhos e mãos (pois o bebê poderá levá-las justamente levar aos mãos aos olhinhos ou boca). Também evite passar em algum local de alcance das mãos do bebê.
Inseticidas de tomada

Não use se seu filho apresentar alergia respiratória, pois ela será intensificada com o inseticida. O melhor é consultar seu pediatra a respeito e verificar se ele autoriza o uso para os filhotes maiores. Os inseticidas em spray não devem ser usados, pois são mais tóxicos do que os de tomada.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Quem Comenta!

Faça contato!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Divulgue o Catavento!!!

MEU CATAVENTO COLORIDO

Translate!

Números

MEU CATAVENTO COLORIDO - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2015
Desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL